Muitas crenças de todo o mundo sempre associam algum fator, alguma coisa com algum tipo de egregora ou energia circundante. Costumo dizer que tudo nessa vida está co-relacionada e nossa vida está basicamente baseada nas energias e arquétipos astrológicos. Deuses, santos, energias, estão diretamente direcionadas algum tipo de “energia”.

A base das crenças Romanas o sábado representa Saturno. É aquele responsável por dar forma e materializar, tornando possível a manifestação de planejamentos reais e anseios palpáveis no plano material. Princípio individualizante, que através da labuta diária vai-se desprendendo de condicionamentos ancestrais, para se tornar um ser individual e consciente do exercício de sua missão pessoal, livre de amarras e culpa, em busca do preenchimento de lacunas, que anteriormente teriam sido supostamente negadas pela vida e pelos progenitores.

Saturday (Sábado) - A tradução Anglo-Saxã original de Saturday era Sæturnesdæg, que em Latim significava Dies Saturni, "Dia de Saturno" (Saturn's day). Saturday é o único dia da semana que possui origem Romana, vem de Saturn. Provavelmente os Anglo-Saxões adotaram esse nome porque não havia nenhum deus norueguês que correspondesse ao "deus Romano da agricultura".

Na mitologia Nórdica é dia das deusas Nornes e Hel. Na umbanda é dia dos povos das águas e Nanã. Na mitologia Egípcia é o dia de Anúbis (deus dos mortos e embalsamento).