OTHALA
, se traduz "Lar", basicamente se fala em "Herança". Essa herança pode ser material, mental ou genética. Está ligada à herança, às propriedades imobiliárias, às trocas e, muitas vezes a bens que para recebermos, teremos que nos desfazer e abrir mão de outras coisas. Está ligada ao desapego e à ação libertadora. Impele a uma mudança radical, a rompimentos e adverte que a atitude a tomar não deve ser de rigidez, mas de maleabilidade e fluidez.
É preciso ter coragem para expandir. É hora de aprender a conquistar por determinação. É preciso ter coerência e manter uma unidade nos planos para atingir os seus objetivos. Othala é aquela sensação que, quando parecemos que estamos adiando uma série de decisões que já deveriam ser tomadas, e ao invés disso, ainda colecionamos e carregamos fardos do passado que só nos prejudicam? Othala nos encostas na parede e nos obriga a tomar uma decisão e resolver definitivamente o rumo a tomar, para o nosso bem e para o bem daqueles que também estamos paralisando por falta de coragem e decisão.
O QUE EU DEVO REFLETIR COM ESSA RUNA? " O que o passado me ensinou?"

POEMA ANGLO SAXÃO: "Todo homem ama a sua casa, desde que nela possam desfrutar de prosperidade, de acordo com os seus costumes e com uma colheita abundante."