Esquizofrenia. 

Em geral a esquizofrenia é uma "psicose", ou seja. um distúrbio o qual o individuo perde sua conexão com a realidade. O paciente com esquizofrenia poderia ser aquilo que está no imaginário popular como aquela pessoa "louca varrida", com delírios e alucinações. Os sintomas que caracterizam essa doença e em todos os seus subtipos são os delírios, as alucinações, o discurso desorganizado. Bastam dois destes sintomas durante um período de um mês (ou menos) para caracterizar como esquizofrenia. O individuo com esquizofrenia tem delírios bizarros e/ou alucinações, bem como, vozes que comentam o comportamento ou os pensamentos da pessoa, ou duas ou mais vozes conversando entre si. 

Quais são os sintomas comportamentais da esquizofrenia:

* Ouvir ou ver algo que não está lá;

* Uma sensação constante de estar sendo observado;

* Modo peculiar ou sem sentido de falar ou escrever;

* Posicionamento corporal estranho;

* Preocupação extrema com a religião ou o ocultismo

* Indiferença a situações muito importantes, como política e fatores mundiais;

* Falta de cuidados na higiene pessoal e aparência;

.

Existem vários subgrupos de esquizofrenia: 

⇒Esquizofrenia tipo paranoide: nesse tipo existe uma preocupação significativa com um mais delírios, onde o paciente tem alucinações auditivas frequentes. Em geral os delírios são de perseguições ou de grandeza, sendo os pacientes tensos, desconfiados e frequentemente hostis e agressivos. Pessoas com esse tipo de esquizofrenia tem "manias" de perseguição, sempre tem alguém ou algo as atacando ou agindo contra elas, normalmente são coisas inexistentes. 

⇒Esquizofrenia tipo desorganizado ou hebefrênico: nesse tipo, o paciente tem um discurso e o comportamento desorganizado, afeto embotado ou inadequado. São pacientes ativos, porém de uma maneira desprovida de propósitos e um contato "pobre" com a realidade. As respostas inadequadas, sendo comum o paciente gargalhar sem qualquer razão aparente. 

Outros sintomas: apresentam também irritabilidade, dificuldade de sentir prazer, dificuldade de concentração. 

O que são delírios?

Os delírios são caracterizados por uma dissociação entre a realidade e o que o individuo imagina ser real, ou seja, o individuo passa a não mais divergir o mundo real daquele que ele está teorizando. Um dos exemplos básicos é quando o paciente acreditar sendo perseguido, sendo atacado e/ou controlado por algo irreal ou outras pessoas. 

O que são alucinações? 

Nas alucinações os pacientes veem e ouvem coisas que estão fora da realidade. O paciente que apresenta alucinações, conversam com as vozes que ouvem e interagem com os cenários que veem, mesmo estes não existindo fora da mente do paciente. 

.

A esquizofrenia tem cura?

Mesmo com o uso de anti-psicóticos, a cura da doença ainda não foi comprava, apenas controla seus sintomas.

.
Indicações:
Não existe tratamento com análise para os pacientes com esquizofrenia. O paciente precisa de um acompanhamento psicoterapêutico e o médico psiquiatra.